20 julho 2007


A tua viagem inicou-se. O barco, onde partiste, levou-te para longe.

Ontem o sol pôs-se. E eu continuava, ainda, sozinha. Sem ti.

Hoje a cama estava vazia e os lençóis frios, sem ti.

Não sei se prefiro chorar sem ti, se contigo ao lado.

20.07.2007

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.