07 dezembro 2006


Deito-me e imagino que chegas esta noite para me teres nos teus braços para sempre. E que vais fazer amor comigo até à exaustão dos nossos corpos, até ambos doerem de felicidade e de prazer. Um prazer daqueles que faz estremecer e que faz amar ainda mais qualquer pedaço de ar exalado pelo teu pulmão. Por milimétricamente microscópico que ele seja. Esta noite vou permitir-me sonhar que vais chegar e que me fazes tua, apenas tua. E tão tua que me vais fazer doer a garganta da respiração ofegante e as costas de tanto as arquear como um gato para te encontrar na escuridão da cama que será o nosso mundo. E depois de descansares os olhos e repousares a tua mão sobre o meu umbigo adormeço com a mão enrolada na linha da tua cintura, mesmo por baixo do teu abdómen certificando-me a cada segundo das tuas inspirações e expirações. E o auge da tua excitação será tanta e tão grande que sentirei o teu coração a pulsar-me nos meus próprios pulsos. E aí, quando o dia começar a vaguear pelo quarto do nosso amor, vais-me silenciar com a tua boca, dando-me a tua língua e usurpando a minha apenas para ti. Vais descobrir o tamanho exacto do meu globo ocular. E tocar-me as pestanas uma a uma. Beijando todos milímetros, centímetros e decímetros do meu corpo para marcares perfeita e geometricamente todos os metros em quilómetros onde me vais tendo e possuindo lentamente para me fazeres totalmente tua. Esta noite serei uma cortesã na nossa cama, onde me vais tendo por entre assomos de amor e de simples paixão sexual. Sinto-te em mim e tu sentes-me em ti. Ambos nos sentimos e sabemos ao que sabemos em cada pedaço da nossa pele. De tal forma será que quando o dia tiver tomado conta de todos as paredes e recantos do nosso quarto já saberás identificar-me apenas pelo cheiro e pelo sabor, com as pontas dos teus dedos. Esta noite aguardo-te.

28.11.2006

6 comentários:

Salvador disse...

Linda mensagem de amor e não só :)

bjs

algevo disse...

salvador... é verdade... desta vez excedi-me... relendo-me com atenção fico até corada :)))

Tou a brincar, não fico corada.

E não é assim que devia sempre ser?

Beijos com chuva.

I.

JotaCê Carranca disse...

Linda carta de amor.
Afinal o amor é isso mesmo: coisa linda de se sentir e chorar

JotaCê Carranca disse...

Linda carta de amor.
Afinal o amor é isso mesmo: coisa linda de se sentir e chorarr e chorar

algevo disse...

jota:

o amor sente-se. o amor faz-se. o amor chora-se. o amor faz-nos sentir e chorar. e sorrir.

E sonhar. e construir. pedra a pedra, ou, grão a grão. conforme o tamanho e a intensidade deles. mas os meus são sempre de furacão. mas ainda não descobri este.aquele que me reconhece pelo cheiro nas pontas dos dedos. Consegues iamginar um amor assim?

Beijos.

I.

algevo disse...

A medida exacta dos lábios para receberem os beijos. A medida exacta da mão para segurar a outra.A medida exacta da respiração para compassar durante a noite. A medida exacta da perna para formar a concha na noite que se alonga em frio depois do amor.

A medida exacta do amor. Daquele que se sonha só.

I.